Logo HVAC-R
Logo Abrava
Logo Apex Brasil
São Paulo, Brasil -
Português   |   Inglês   |   Espanhol
Página Inicial > Notícias

Seminário da Apex-Brasil apresenta oportunidades de negócios a investidores chineses

09/11/2018
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) organizou nesta terça-feira (6), em Shanghai (China), o seminário "Invest in Brasil: roundtables and matchmaking agribusiness". O encontro reuniu empresários e autoridades brasileiras que apresentaram a investidores chineses cenários macroeconômicos e oportunidades de investimento no setor de agronegócio brasileiro.

Em seu discurso na abertura oficial, o embaixador Brasileiro na China, Marcos Caramuru, afirmou que apenas o Brasil tem capacidade de atender à crescente demanda de alimentos saudáveis na China. "Já somos um grande parceiro comercial da China, com uma presença consistente de produtos nacionais no mercado chinês, em especial commodities. A nossa expectativa é que essa parceria cresça, com ganhos para ambos os lados".

Para o presidente da Apex-Brasil, Roberto Jaguaribe, a Agência tem tido uma atuação focada no aumento das relações bilaterais entre Brasil e China, não apenas as comerciais, mas também na atração de investimentos. Hoje, segundo Jaguaribe, a China já se transformou em um grande investidor, com um estoque de cerca de US$ 60 bilhões, em setores que são chave para o Brasil, como energia, infraestrutura e também agronegócios. "Vemos com bons olhos esses investimentos e queremos ampliar o fluxo", afirmou.

Com relação especificamente ao comércio, Jaguaribe destacou que a China, mesmo sendo um grande país, tem uma demanda extraordinária por alimentos, especificamente proteínas e calorias, por conta de sua enorme população, e o Brasil "é o país mais bem situado para atender a esta demanda, seja pela capacidade produtiva, seja pela sustentabilidade e a qualidade de sua produção".

Em seu breve discurso, o vice-presidente executivo do Banco do Brasil, Tarcísio Hubner, afirmou que o banco enxerga com muito entusiasmo a relação do Brasil com a China.

Durante o fechamento do 1o painel do seminário, o ministro Blairo Maggi fez questão de destacar a previsibilidade e a longa parceria comercial entre Brasil e China, reafirmando sua expectativa de que "os negócios entre os dois países vão continuar crescendo, uma vez que ambos mantem um diálogo profícuo e positivo".

Após a abertura, o gerente de Agronegócio da Apex-Brasil fez uma apresentação da agência para os investidores chineses, destacando as áreas de atuação da Agência e como ela pode atuar para facilitar o acesso de investidores chineses no Brasil.

Para Igor, a realização de seminários com destacada presença de autoridades brasileiras é muito importante porque é uma chance para que investidores e empresas chinesas conheçam as oportunidades de investimento no Brasil, da mesma forma que é uma maneira para alavancar as nossas exportações, para diversificar os setores produtivos do agronegócio brasileiro, e ainda ter um maior conhecimento do ambiente de negócios do país. "Reunimos uma série de instituições e projetos avaliados previamente para conversar com investidores para que eles tenham um processo decisão melhor embasado e acelerado", destacou.

Por fim, cinco empresas brasileiras foram selecionadas para apresentarem seus projetos aos investidores - Energia da Terra e Vazpa, alimentos saudáveis; Escama Forte, aquicultura; Ceasa/MT, armazenagem; Brazilian Trade, Infraestrutura e Bioenergia.

Fonte: Apex-Brasil

Programa Abrava Exporta
HVAC-R Brasil

Av. Rio Branco, 1492
CEP: 01206-001 | São Paulo − SP
Tel: 55 11 3361.7266 R. 120
Todos os direitos reservados®
www.abravaexporta.com.br

ContatoYoutubeContato